Porto Velho registra a maior chuva desde outubro de 2017

Porto Velho registrou nesta quinta-feira (4) a maior chuva em um período de oito horas seguidas. Segundo dados do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), desde outubro de 2017 não chovia tanto na capital de Rondônia como ocorreu entre 0h e 8h desta quinta.

Por causa da intensa chuva, a cidade ficou alagada em vários pontos durante o dia, principalmente em ruas que estão sem asfalto, como no Bairro Três Marias. Ao G1, uma moradora enviou uma imagem mostrando que a rua onde ela mora ficou totalmente alagada.

“Hoje pela manhã fiquei impossibilitada de sair da minha casa para trabalhar, pois o Bairro Três Marias está em baixo d’agua”, contou.

Outra internauta também apontou o alagamento das ruas, desta vez no Twitter: “Porto Velho em 1h de chuva fica alagada, agora imagine depois de chover praticamente a madrugada toda”.

Através do aplicativo Tô Na Rede, da Rede Amazônica, o morador Antonio Marcal reclamou do alagamento da rua Rosalina Gomes, no Bairro Mariana. “Assim que os moradores do bairro acordaram, com as ruas alagadas”, apontou.

Alex Vaz também enviou relato pelo Tô Na Rede sobre o resultado da forte chuva na capital. “Muitas ruas alagadas no Bairro Igarapé, como também na Avenida Pinheiro Machado”, conta.

Ainda segundo o Sipam, até o mês de abril a previsão é de chuva acima do previsto para a capital de Rondônia.

Nível Rio Madeira

Com as intensas chuvas na capital, o nível do Rio Madeira segue subindo. Nesta quinta-feira (4), o nível chegou a 12,62 metros. Em 4 de janeiro de 2014, quando ocorreu a cheia histórica, a cota foi a mesma.

Mesmo com a coincidência dos números, o Sistema Geológico do Brasil afirma que ainda é cedo para dizer se há possibilidade de uma nova enchente da mesma proporção.

Fonte: G1