Retorno da Avenida Jorge Teixeira com Duque de Caxias começa a ser construído em Porto Velho

O retorno da Avenida Jorge Teixeira com a Rua Duque de Caxias começou a ser construído na última terça-feira (9), em Porto Velho. De acordo com o Departamento de Estrada e Rodagens (DER), a obra deve ser finalizada e entregue já asfaltada até a sexta-feira (12), caso as condições climáticas colaborem. A obra total, com a abertura do cruzamento entre as vias, será entregue até o dia 22 de janeiro.

De acordo com o técnico de gerência da usina de asfalto do DER, Eduardo José Cardoso, a obra é feita em parceria com a prefeitura. “A abertura do retorno onde era canteiro iniciou na tarde de terça-feira (9), agora estamos retirando o material orgânico, depois vamos colocar o rachão e bica corrida, para jogar o asfalto em cima. Se o tempo ajudar queremos entregar até a sexta-feira (12) esse retorno asfaltado”, informou o técnico do DER.

Todo o material orgânico, onde era o canteiro, que foi retirado será usado no estacionamento que está sendo construído no Espaço Alternativo, informou o técnico do DER.

Segundo o secretário municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran), Carlos Henrique da Costa, a remoção do canteiro para a construção do contorno e abertura do cruzamento entre as vias trará benefícios para a população. “O principal benefício é liberar o fluxo que vem do bairro sentido centro. Ou seja, a Duque de Caxias será mão única, no sentido bairro/centro até chegar na Farquar”, informou Costa.

O secretário informou ainda que a obra iniciou em maio de 2017, com o alargamento da rua Duque de Caxias para comportar mais carros, e deve ser entregue entre 20 e 22 de janeiro deste ano. “A sinalização iniciaremos assim que finalizar a parte do retorno, a previsão é que até o dia 22 de janeiro, no máximo, ela seja entregue, já com semáforo ligado e pronta para ser usada”, explicou o Costa. O secretário não soube informar o valor gasto em toda a obra, até a publicação desta matéria.

A obra é realizada pela Semtran, em parceria com a Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur), DER, e a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Urbanismo e Serviços Básicos (Semisb).

Fonte: G1